Google+ Canal Brasília: Julho 2011

14 de julho de 2011

Economize com estilo fazendo a decoração da sua casa

Por Leandro Lisbôa

Dicas e sugestões comprovam que não é preciso gastar muito para ter um ambiente harmonioso e com estilo pagando pouco

Foto: Rafael Fuxreiter
Há quem pense que para ter ambientes bem decorados e harmoniosos é preciso gastar muito. Claro que para os que não têm problemas com as finanças, isso não é um obstáculo. Porém, muitas pessoas, por falta de informação e pesquisa, acabam deixando a decoração para segundo ou terceiro plano por acharem que o bolso será esvaziado.

Segundo profissionais de arquitetura e design de interiores, o ideal é ter paciência para pesquisar, bom senso e gosto apurado para deixar os ambientes belos e aconchegantes. 

Para o arquiteto Jackson Farias, montar um ambiente sofisticado não é privilégio de quem tem dinheiro. O que fará a diferença é o espaço a ser decorado e o tipo de material usado. “Os valores podem ser pequenos quando se usa materiais alternativos na decoração, pois há os que proporcionam um bom efeito e são de baixo custo”, explicou.


Saber onde comprar os objetos de decoração também é importante, mas requer pesquisa e paciência. Diversas lojas oferecem bons produtos, duráveis e de qualidade a baixos preços. O designer de interiores Juarez Galdino afirma que lojas grandes têm variedade, mas que, mesmo nas menores é possível comprar produtos interessantes. “Estabelecimentos como a Etna e a Tok&Stok oferecem diversos produtos de qualidade e design, mas é possível encontrar objetos e móveis interessantes em qualquer loja. No fim das contas, o que importa mesmo é o gosto do cliente”, concluiu.

Alternativas com produtos sustentáveis
Foto: Rafael Fux
Com a preocupação com o meio ambiente, materiais sustentáveis ganharam muito espaço e, hoje, compõem ambientes de muitas casas, com visuais modernos, sofisticados e totalmente acessíveis a quem não pode gastar tanto. “Um bom projeto arquitetônico ou de decoração não está relacionado a preços altos. Na era da sustentabilidade, podemos usar diversos materiais para decorar, uma opção bacana são as garrafas PET’s ou ainda tubos vazios de pasta de dente, palha seca, entre outros”, destaca.


Conforto e harmonia devem andar juntos, mas o aconchego não fica para trás. Por isso, é preciso mencionar os objetos que dão um toque especial. Para o designer Juarez Galdino, um espelho com moldura clássica dourada, vasos coloridos, almofadas e mantas fazem a diferença, além de uma boa iluminação indireta e um sofá em tom de terra. 

Já para o arquiteto Jackson Farias, outros itens são o grande diferencial em uma decoração: “uma boa gravura ou pintura que chame atenção e agrade o morador, tapetes e enfeites, além de uma cor agradável nas paredes”, acredita Jackson.

Móveis Planejados
Se o problema é a falta de espaço, investir em móveis planejados é a melhor solução, como sugere o arquiteto Juarez Galdino. “Com móveis planejados, os espaços são melhor utilizados. É bom apostar em objetos com dupla função, como uma mesa que serve para comer e estudar ou uma cama com gaveteiro”, ensina.

Na falta de um profissional, invista no seu bom gosto
Quem não tem condições de contratar um arquiteto ou designer, ou quer colocar o bom gosto à prova, pode investir na própria decoração. Basta pesquisar e comprar algumas revistas de decoração, pois nelas, sempre terão dicas interessantes. 

Foi dessa forma que consultor tecnológico da Vivo, Jacenyldo Ferreira, 22 anos, decorou a casa onde morava. “Quis decorar minha própria casa, tanto para economizar quanto para testar meus gostos. Fiz algumas pesquisas para saber como era a criação de um ambiente, então, resolvi montar primeiro a cozinha”.

Ele definiu que a base da cozinha seria em preto e branco, mas percebeu que ficaria muito neutra e foi atrás de alternativas. “Busquei elementos que trariam vida para a cozinha e acabei montando um painel, feito com papel de parede, com listras horizontais em amarelo. Ia do teto ao chão, em uma única parede do cômodo”, conta Jacenyldo.

Já para a sala, a preocupação do rapaz esteve mais voltada à iluminação, para que as luzes deixassem o ambiente mais aconchegante. “Andei bastante para conseguir tudo o que eu queria com custo mais baixo”, diz.

Decorar o ambiente é algo mais que necessário para transformar a casa em um lugar prazeroso, um local onde você possa se sentir à vontade. É dar vida e personalidade à casa e imprimir suas características em cada canto.