Google+ Canal Brasília: Abril 2011

29 de abril de 2011

Curso de preparação para o Fundo de Amparo a Cultura - FAC chega a Ceilândia

      Nos Últimos anos a chamada “Cultura Popular” alcançou um enorme crescimento, tanto no numero de eventos culturais, apresentações, publicações e amostras. Este aumento é o que propicia o crescimento da economia, ocupando novos espaços sócio-culturais e divulgando novos talentos locais em Cidade como Ceilândia, São Sebastião. Brazlândia dentre outras.
      Pensando nisso a Central Única de favelas – CUFA e o Instituto ICAP, trazem para a cidade de Ceilandia a 3° Oficina de Gestão de Projetos – Aspectos financeiros e Prestação de conta para o FAC. Com objetivo de incentivo a cultura popular, através do Projeto Capacitando Nossa Cultura.
      As oficina acontece nos dias 14 e 15 de maio de 2011 de 08:00 ás 18:00 sábado e domingo, serão oferecidas 40 vagas, será dada preferência a pessoas que já trabalham com cultura ou em projetos Sociais, com certificação ao termino do curso, com duração de 16 horas / aula.
      As inscrições podem ser solicitadas pelo e.mail icap@icapbr.org.br ou nos telefones Laura 9557-3583, Ifran 9361-8737 e Marcelo 9169-3112.



Fonte: Jovem de Expressão

24 de abril de 2011

Velejar , Sexta-feira (29/04/2011)


          Pedro é uma criança de 8 anos com autismo que vive de maneira leve e poética o seu mundo interior (Arlequim) e exterior. O Arlequim é o lugar onde Pedro se sente confortável.
          A história conta etapas da vida desta criança e envolvem temas como o insucesso de colegas ao tentar se aproximar, o despreparo da professora que o trata como bobo, até o dia em que ele encontra uma professora preparada que consegue aproximação.
          A Cia. Teatral Icambalacho traz para o público uma peça que mostra as dificuldades e formas de tratar uma pessoa com autismo.

Data: 29/04/2011 (apresentação única)
Local: APAE- DF (SEPN 711/911, Conj. E - Brasília/DF)
Horário: 14h00
Duração: 30 minutos
Entrada: Gratuita
Classificação Indicativa: Livre.

Por Leandro Lisbôa.

12 de abril de 2011

Aeroporto de Congonhas comemora 75 anos

Por Leandro Lisbôa
O Aeroporto de São Paulo/Congonhas completa nesta terça-feira (12/4) 75 anos de atividades. Segundo maior aeroporto da Rede Infraero em movimentação de passageiros (atrás apenas de Guarulhos), Congonhas cresceu juntamente com a cidade de São Paulo. Nesse ínterim, recebeu uma série de investimentos que o fizeram acompanhar o crescimento de uma demanda em constante expansão.

Atualmente, a Infraero, responsável pela administração do aeroporto, está empenhada na construção da nova Torre de Controle de Congonhas, orçada em R$ 14,8 milhões. Com 40 metros de altura, a nova Torre garantirá aos controladores de voo maior visibilidade do Sistema de Pistas e Pátio, conferindo maior segurança às operações de pouso e decolagem. A obra tem conclusão prevista ainda para o primeiro semestre de 2011.

Recentemente, em 2007, a Infraero concluiu a obra de reforma e modernização do Aeroporto de Congonhas – orçada em R$ 209 milhões – que incluiu revitalização do Terminal de Passageiros e Sistema de Pista e Pátio.

De acordo com a superintendente do aeroporto, Eliana Akemi, os 75 anos de Congonhas confirmam a importância do equipamento para a cidade. “O Congonhas é uma construção urbana essencial e integrada à vida econômica e cultural da região. Todos esses anos de desenvolvimento, transformações e aprendizados fizeram dele um dos maiores complexos aeroportuários do Brasil", notou Eliana.

Aeroporto de São Paulo/Congonhas (SP)

O Aeroporto de São Paulo/Congonhas (SP) dispõem de duas pistas para pousos e decolagens (principal e secundária), com movimentação de passageiros diária de 43 mil e capacidade anual para 17,1 milhões de passageiros. O Terminal de Passageiros possui 81 balcões de check-in, 10 elevadores, oito escadas rolantes, cinco esteiras de restituição de bagagens, além de 65 opções de lojas e serviços.

Os usuários contam ainda com um edifício garagem com mais de três mil vagas para estacionamento de veículos.

A Infraero desenvolve em Congonhas o projeto social Hangar do Aprendiz, oferecendo cursos de informática e capacitação profissional para jovens do entorno do aeroporto. Em 2010, o projeto capacitou cerca de 200 jovens.


Para conferir esta matéria no site Clique aqui.

9 de abril de 2011

Obras avançam em Curitiba

Por Leandro Lisbôa

O Aeroporto Internacional de Curitiba/Afonso Pena (PR) tem diversas melhorias em andamento, entre obras e processos em licitação.

Os trabalhos de reforma e ampliação do Terminal de Cargas de Curitiba para ampliar em 5 mil m² a atual área de 12,8 mil m² estão avançados. Os investimentos para a ampliação do Terminal de Carga são estimados em R$ 17 milhões, e a conclusão das obras está prevista para o segundo semestre de 2011. 

Os projetos básico e executivo da ampliação do Terminal de Passageiros do aeroporto, por sua vez, estão em fase de análise de propostas. Atualmente com capacidade para atender 5,7 milhões de passageiros por ano, o Terminal terá, após as obras, capacidade para atender aproximadamente 8,3 milhões de viajantes por ano. O investimento para a elaboração dos projetos será de cerca de R$ 3,51 milhões.

Também estão em fase de análise as propostas para a ampliação do pátio de aeronaves. O pátio, que atualmente conta com uma área de 26,2 mil m² e 14 posições para o estacionamento de aeronaves, acrescentará 27,4 mil m² e oito novas posições. O investimento tem valor previsto de aproximadamente R$ 28,3 milhões.

E foi assinada no final de março a Ordem de Serviço para os trabalhos de ampliação do estacionamento do Afonso Pena. As obras, estimadas em R$ 11 milhões, deverão ampliar de 680 para 2.202 as vagas disponíveis no estacionamento do aeroporto, e têm duração prevista de cerca de 180 dias a partir da assinatura do documento.

De acordo com o superintendente do Aeroporto de Curitiba, Antonio Pallu, as obras demonstram o empenho da Infraero para garantir infraestrutura de qualidade aos usuários. “É notório o crescimento do aeroporto e da região atendida por ele. Portanto, é preciso estar sempre em constante desenvolvimento, seja por ampliações, obras e melhorias no espaço físico ou através da implantação de processos que garantam mais conforto e segurança ao passageiro”, pontuou Pallu.


Você pode conferir esta matéria no site Clicando aqui.

5 de abril de 2011

Depoimento Universitário

Por Leandro Lisbôa

O que é importante você verificar antes de escolher sua graduação.


Leandro Sousa Lisbôa, 22 anos, graduando do curso de Jornalismo, na Faculdade Anhanguera de Brasília – FAB. Embora eu goste da área agora, meu caminho para chegar até aqui dá uma boa história.

Meu primeiro desafio, em 2008, era encontrar um curso que fosse bacana e coubesse no meu orçamento, que era muito curto. Procurei com amigos informações sobre faculdades e seus respectivos valores. Além disto, fui à faculdade, conheci o espaço e me informei sobre professores.

Pensei muito antes de escolher o curso e acabei prestando o vestibular para Administração, com segunda opção de curso para Relações Públicas, muito mais para resolver meu problema financeiro do que por gosto. Inclusive eu não sabia absolutamente nada sobre Relações Públicas. Prestei Administração porque acreditava que seria mais fácil arranjar um estágio na área.

Passei no vestibular e fui fazer a matrícula, mas o curso de Administração é tão procurado que não havia mais vagas e acabei me matriculando em Relações Públicas. Após um semestre no curso, descobri que ele tinha muito mais a ver comigo do que eu pudesse imaginar. Mas um semestre foi tudo que eu fiz, pois, no semestre seguinte, ganhei bolsa integral do ProUni para Jornalismo.

No ProUni, dois fatores foram determinantes para que eu escolhesse Jornalismo como primeira opção de curso. Primeiro, procurei analisar quais eram meus gostos, preferências de assuntos, minhas habilidades comunicativas e culturais. Já o segundo fator foi a confirmação da minha análise através de dois testes vocacionais realizados na Internet, os quais me indicaram pontos totais direcionados para as áreas de Comunicação e segunda opção para as áreas de Saúde. Obviamente, escolhi a comunicação!

Hoje, no 5º semestre, posso dizer, de verdade, que gosto muito da graduação que faço. Consegui perceber a importância do profissional de comunicação e hoje sei que posso fazer muito pela sociedade desde que me empenhe para tal. Vejo a área progredindo cada vez mais com as novas mídias e tenho a mais absoluta certeza que daqui para frente o mercado ficará cada vez melhor para quem tem vontade e enxerga as oportunidades.

Desde o 3º semestre administro o blog Canal Brasília, de caráter informativo, onde posto as matérias e textos críticos que produzo, além das matérias sobre assuntos variados que acho interessante.

O blog foi a primeira ideia que tive para divulgar meus textos e colocar minhas habilidades e conhecimento acadêmico em prática. Maior exemplo disto foi o texto que produzi e consegui publicar no jornal sobre um assalto que presenciei em agosto de 2010.

A notícia está em todo lugar, basta você observar. Produzir a matéria do ônibus só fez aumentar a minha vontade de expressar minhas ideias e mostrar que é possível mudar muita coisa através de um pequeno gesto, nem que este pequeno gesto seja postar algo na internet.

De janeiro para cá minhas tarefas só aumentaram. Na faculdade os professores têm cobrado cada vez mais na intenção de me transformar em um excelente profissional. Quando saio da faculdade, vou para o estágio na Assessoria de Imprensa da Infraero, onde tenho aprendido bastante as atividades de um assessor e a importância deste dentro de uma organização. Todos os meus textos produzidos na Infraero vão para o site da empresa e por consequência, para o meu blog.

Além das atividades desenvolvidas no estágio e na faculdade, presto assessoria para o Instituto de Cultura Arte e Música de Brasília – ICAM. Lá, eu cuido de alguns dos contatos externos do instituto, promoção da instituição e produção de textos.

As conquistas obtidas até o momento são um reflexo do esforço, determinação e colaboração de diversas outras pessoas que me ajudam a me tornar um profissional melhor. Obrigado Ligado na Facul pelo convite para dar meu depoimento e contar minhas conquistas e experiências.

Quem tiver o interesse de saber mais sobre mim, meus projetos ou apenas quiser conversar, é só me seguir no @lisboasl ou entrar no meu blog e deixar comentário nos textos. 

Confira a matéria no site Clicando aqui.

2 de abril de 2011

Infraero conclui trecho de obras na pista do Aeroporto de São Luís

Por Leandro Lisbôa

A Infraero concluiu nesta sexta-feira (1º/4) parte das obras da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de São Luís/Marechal Cunha Machado (MA). Os serviços - quarta fase de um total de cinco - compreenderam um trecho de 400 metros e tiveram início em 10/1/10. 

A partir desta sexta, o Aeroporto de São Luís volta a receber três voos na parte manhã - que estavam suspensos desde o início das obras - totalizando 28 voos diários. "A conclusão dos serviços proporciona melhorias na qualidade de atendimento do aeroporto, que voltará a ter a pista funcionando durante 24 horas", destacou o superintendente do aeroporto, Hildebrando Coêlho Correia. 

No total, a Infraero vai investir R$ 11 milhões na obra de reforma da pista de São Luís, dividida em cinco etapas. A última tem previsão de início em agosto de 2011, após o período chuovoso na região. As melhorias estão sendo realizadas em parceria com o Exército Brasileiro, por meio do 2º Batalhão de Engenharia e Construção. 

A Infraero esclarece ainda que as obras na pista de pouso e decolagem do aeroporto não estão relacionadas com a interdição do Terminal de Passageiros. Elas fazem parte de um programa de manutenção pelo qual passam todos os aeroportos da Rede Infraero.

Para conferir esta matéria no site Clique aqui.