Google+ Canal Brasília: Outubro 2011

25 de outubro de 2011

Creas fiscalizam obras da Copa de 2014

Brasília, 25 de outubro de 2011
Nesta quarta-feira, 26/10, às 9h30, o Crea-DF, acompanhado da equipe do Projeto de Fiscalização do Confea, realizará vistoria nas obras do Estádio Nacional de Brasília. Na quinta-feira, 27/10, é a vez do Estádio Governador Magalhães Pinto, o famoso “Mineirão”, em Belo Horizonte, passar pela fiscalização do Crea-MG. Enquanto isso, nesta segunda-feira, 24/10, o Crea-RJ iniciou ações de vistoria no Estádio Jornalista Mário Filho, ou Maracanã, e em obras do entorno do estádio.

Estão previstas, a partir desta segunda-feira, até dia 4 de novembro, ações de fiscalização em estádios e demais obras da Copa nas 12 cidades sede envolvidas. O Plano de Ação nacional de fiscalização em empreendimentos relacionados à Copa do Mundo de 2014 foi elaborado e aprovado no início deste mês, durante reunião do projeto Fiscalização do Exercício Profissional, do Confea, com participação dos gerentes de fiscalização dos 12 Creas cujas capitais receberão os jogos da Copa do Mundo de 2014.

De acordo com Patrícia Monteiro, fiscal técnica do Crea-MG e representante do regional no Projeto Fiscalização, o objetivo do Plano é fiscalizar os empreendimentos de forma a assegurar o atendimento à legislação do Sistema Confe/Crea. “A fiscalização é a parte legal, saber se aquele empreendimento tem a participação efetiva de profissional, para se fazer com que o profissional esteja presente”, completa. A ação dá continuidade aos debates realizados nas 12 audiências públicas Confea/Crea em Campo, que ocorreram nas cidades sede entre os meses de março e agosto deste ano.

De acordo com o Plano de Ação, a prioridade é verificar Anotações de Responsabilidade Técnica, registro de profissionais e empresas e registro de profissionais estrangeiros que estejam envolvidos com as obras. No entanto, a fiscalização não se limitará aos documentos. Durante a reunião, os representantes do Creas elaboraram um check list de fiscalização que deverão ser utilizados pelos fiscais durante as visitas aos grandes empreendimentos relacionados à copa, como rodovias, arenas, portos, etc. Para os aeroportos há um check list específico.

Além das relações de profissionais e empresas envolvidas - exigindo as devidas ARTs e outros documentos como projetos básico e executivo e estudo de licenciamento ambiental – a check list exige verificação das condições da drenagem, do gerador, da vigilância eletrônica, de instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, da estação de tratamento de água e esgoto, dos portões automáticos e interfones, da energia solar, da central de ar-condicionado, do para-raios, das escadas rolantes, da irrigação, da engenharia de segurança do trabalho, da impermeabilização, das estruturas metálicas, entre outros inúmeros fatores relacionados às profissões do Sistema Confea/Crea. No total, são 42 itens no check list de fiscalização de obras, serviços e equipamentos de grandes empreendimentos.

Após a ação, cada regional fará um relatório de fiscalização e todos serão compilados pela equipe do Projeto Fiscalização do Confea para um relatório nacional final. O Plano de Ação também prevê que, durante a fiscalização, seja criado um cadastro específico dos empreendimentos da Copa, que fornecerá o histórico das visitas já realizadas e ARTs e notificações já emitidas.




Beatriz Leal e Leandro Lisbôa
Para o Portal  Confea
Confira esta matéria no site Clicando aqui.

Representantes da Anvisa e da OMS se reúnem no Confea

Por Leandro Lisbôa

Acontece hoje, no plenário do Confea, em Brasília, a 8ª Reunião Ordinária da Câmara Setorial de Serviços de Saúde. Participam do encontro representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Organização Mundial de Saúde (OMS), que tratam sobre diversos temas, entre eles a fiscalização e vigilância das atitudes nos campos da saúde e destinação de resíduos. O encontro ocorre de 10h às 17h e terá transmissão ao vivo através do portal Confea e do site da Anvisa.

Na parte da manhã serão discutidos os assuntos sobre a nova gestão e estrutura da Gerência-Geral de Tecnologia em Serviços de Saúde (GGTES/Anvisa); e da segurança do paciente e qualidade em serviços de saúde. Já para a tarde estão previstas discussões sobre os requisitos para o funcionamento dos serviços de saúde, em relação à Consulta Pública nº 37/2011, a logística reversa de resíduos de medicamentos, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, além de temas da área de serviços de saúde para a Agenda Regulatória de 2012 e organização das próximas reuniões.

Confira esta matéria no site Clicando aqui.

12 de outubro de 2011

Bloco B do Confea retorna às atividades em dezembro

Por Leandro Lisbôa

Foto: Leandro Lisbôa
Pensada antes mesmo da mudança para o novo edifício, a revitalização do bloco “B” do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea) tem previsão de retorno das atividades ainda para este ano. Até dezembro, a antiga sede do Confea passará a ser o local do Almoxarifado, Arquivo Geral, Biblioteca, Espaço Memória e o Centro de Treinamento e Capacitação Corporativa (CTCC).

As obras tiveram início após a mudança para o novo bloco, com o objetivo de revitalizar o edifício mantendo o projeto original e aproximar as atividades dos blocos “A” e “B”, com a desativação do prédio da 516. De acordo com o arquiteto Adilson José de Lara, colaborador do projeto, “viu-se a necessidade de dotar o prédio de melhorias na estrutura física e tecnológica para comportar as futuras atividades”.

De acordo com Brasil Américo Louly, fiscal do contrato, todas as modificações programadas para o edifício já foram realizadas, entretanto, é necessário fazer a impermeabilização da área exterior, atividade que será realizada em outro momento. A empresa Davos Engenharia executou as obras em 60 dias. Em relação ao auditório e ao subsolo, Brasil informou que estas áreas não sofreram modificações.

Todo o edifício recebeu pintura nova, as instalações elétricas e hidráulicas foram refeitas, e, alguns espaços sofreram modificação no layout interno. O térreo e o 1º andar tiveram as divisórias removidas, para aumentar o espaço de circulação e melhorar a qualidade do espaço de destino do Espaço Memória. O 2º receberá a biblioteca, possui divisória de vidro que separa o espaço de armazenamento dos livros e a área para os estudos. Já o 3º andar teve algumas divisórias removidas, outras modificadas e a antiga sala plenária pintada e com carpete trocado para melhor adequação às atividades do CTCC.

Brasil Louly disse que a películas refletivas dos vidros do prédio e as estantes deslizantes para o arquivo geral serão compradas através de processo licitatório. Já o restante do mobiliário provém dos móveis do próprio bloco “B” e do edifício da 516.

Biblioteca
Todo o acervo será transferido da 516 para o 2º andar do bloco “B”.

Espaço Memória
Local destinado para exposição de objetos que contem a história e curiosidades do Confea. Fazem parte do acervo, medalhas, condecorações de ex-presidentes, certificados, carimbos, relatórios de gestão, prêmios, troféis entre outros.

CTCC
Espaço destinado aos treinamentos e capacitações aos funcionários do Confea. Conta com dez salas, incluindo a antiga plenária, sendo possível utilizar o auditório.


Confira esta matéria no site Clicando aqui.